Zika vírus deixa o Brasil e o mundo em alerta depois de novas descobertas sobre o tema

Mesmo com baixas temperaturas Zika vírus ainda mostra riscos

Circulando pelo mundo, o vírus oferece grande risco, principalmente às gestantes, e especialistas continuam divulgando suas pesquisas com a preocupação sobre este grave assunto. No sul do País, por exemplo, foi divulgado na última semana um novo caso comprovado de microcefalia associado ao Zika vírus e as campanhas devem continuar. Este caso foi o primeiro que teve sua contaminação no próprio estado do Rio Grande do Sul, onde as alterações que estavam em estudo no bebê, houve a confirmação de estar associada à (SCZ) Síndrome Congênita do Zika, tendo em vista que os demais foram contraídos em outras localidades.

São Paulo, pesquisas realizadas pela Faculdade de Medicina (Famerp), em São José do Rio Preto (SP), apontou que o padrão verificado no Estado é diferente daquele vivido no Nordeste do Brasil. Os casos de bebês nascidos com microcefalia após contaminação das gestantes por zika vírus foram inferiores aos apresentados em Salvador, por volta de de 10%. Portanto, mesmo sem o diagnóstico da microcefalia, foi comprovado que houve relatos de danos neurológicos em alguns casos.

Os pesquisadores já haviam acompanhado nascimentos em um hospital público de Salvador durante o pico da epidemia de zika no estado, em 2015, e compararam aos dados obtidos em Rio Preto. Para eles, o fato de mais crianças apresentarem microcefalia no Nordeste que em Rio Preto, pode estar relacionado ao próprio hospedeiro humano ou a algum fator genético.

Neste mês de junho, saiu a primeira pesquisa relatada nos EUA e mostrou que 5% das mulheres com infecções confirmadas tiveram filhos com má formação associada ao Zika. O País também está em estado de alerta.

De 1º Janeiro de 2016 a 25 de abril de 2017 foram infectadas pelo Zika vírus 1508 mulheres grávidas.

“O vírus que agora se expandiu para outras áreas geográficas do Brasil, onde a população não enfrenta só o Zika, mas também a Dengue, Chikungunya e a volta da epidemia da Febre Amarela, hoje o importante é entender melhor sobre cada doença e comportamento dos mosquitos,  para uma prevenção mais adequada e, assim, evitar a propagação. Necessitamos estar à frente do próximo vírus emergente”, comenta Gisely Farias – diretora comercial da NON repelente.

Empresas investem em repelentes corporais para atender demanda das quatro estações do ano mas, todo brasileiro precisa fazer sua parte combatendo o foco do mosquito. A marca NON, do Grupo SR COSMET & CO, que fabrica o repelente que protege o corpo contra Aedes Aegypti, transmissor de dengue, zika, chikungunya, febre amarela, entre outros, chegou ao mercado brasileiro, protegendo a pele por 10 horas comprovadas contra as picadas de todos os insetos, carrapatos, pulgas, entre outros. A missão do NON Repelente, lançado pela SR COSMET & CO uma das marcas do grupo, é dar maior proteção ao mercado com um princípio ativo que não apresenta toxicidade e não é volátil, isso é: não desaparece com o suor nas altas temperaturas. Com embalagem prática, que facilita a aplicação, o item também se diferencia na categoria de repelentes por sua fórmula leve, inodora, para não irritar o usuário.

catalogo non aedes comercial.cdrNON Repelente de Insetos é eficaz contra picadas de Aedes Aegypti, que transmite doenças como dengue, zia e chikungunya, além de repelir outros mosquitos, carrapatos, percevejos, pulgas, entre outros. Pode ser usado por crianças a partir dos seis meses ou com a indicação do pediatra, também em adultos, gestantes e lactantes.

catalogo non aedes comercial.cdr

O NON repelente é o único  produto no mundo com princípio ativo IR 3535, com 10 horas comprovadas de proteção.  A sugestão de preço para venda ao consumidor é de R$ 50,00 para o de 100 ml e de R$ 90,00 para o de 200 ml, fabricado no interior de São Paulo e possui tecnologia alemã. O princípio ativo do NON repelente existe há mais de 30 anos e é produzido pela Merck – chamado IR3535® (Ethyl Butylacetylaminopropionate). A estrutura deste princípio ativo baseia-se na alanina e na beta-alanina  . O EPA (Environmental Protético Agency). Classificou o IR3535® como uma substância bioquímica com base de ela ser  funcionalmente idêntica a Beta-alanina: Ambas possuem a característica principal de repelir insetos, além de que os grupos finais de IR 3535 não são  susceptíveis de contribuir para a toxidade.

Acesse: www.usenon.com.br

FACEBOOK.

Gerar outra vida é permitir-se aprender também sobre si mesma – por Lana Côrtes

Mãe nos dias de hoje

Gerar outra vida é permitir-se aprender também sobre si mesma

Aquele amor que transborda no peito e que é inigualável a qualquer outro: o amor de mãe. O poder dela começa nove meses antes de um bebê vir ao mundo, e com força tanto do corpo quanto da mente, a mulher renasce e transforma-se em mãe.

A tarefa é árdua, cada gravidez é única, assim como cada mãe é uma particularidade. Enjoos, desejos, pés inchados e barriga ganhando o formato de quem já é muito esperado. São mudanças minuciosas e também grandes na vida de uma mulher.

Mas, ser mãe hoje em dia não é nada fácil, pois implica em conciliar diversas funções, como  trabalhar, estudar, liderar, cuidar da casa, pagar as contas, ser esposa, ser amiga, ser filha, etc.E mesmo que haja diferenças sociais entre as mulheres, o significado da maternidade não muda muito com o passar dos anos, mas para ser mãe em pleno século XXI é preciso ter muita coragem e organização, diferente de outros tempos em que as mulheres viviam apenas para criar seus filhos.

Ter conhecimento das individualidades, da própria opinião, dos questionamentos e sentimentos, não é deixar de lado a vida maternal, é poder ganhar expansividade sobre o respectivo “eu”. A LifeCoach Luciane Cadan explica que é fundamental o autoconhecimento para entender melhor o momento que está por vir. “Ela passa a educar, compreender, emocionar, ouvir, afagar, transmitir um legado com outros olhos, quando ela se conhece”, ressalta.

Os conselhos de como seguir uma receita materna começam a surgir de todos os lados. Prestar atenção em especialistas é importante para que esse caminho seja mais leve, mas que fique claro, se existisse manual, seria um para cada filho, pois cada um é único e especial, afirma a LifeCoach Luciane Cadan.

O livro “Coaching para pais – Estratégias e ferramentas para promover a harmonia familiar” possui dicas práticas que auxiliam na construção e convivência familiar. Luciane, uma das autoras, conta sobre sua história pessoal e profissional, na perspectiva de ajudar na Qualidade de Vida Familiar. E, finaliza dizendo, que ser mãe é ter poder e permitir-se aprender um pouco mais a cada dia sobre ela e a vida que gerou.


A Confirme está em festa e comemora o “Dia das Mães”

Confirme pense positivo

O Dia das Mães é uma das datas mais comemoradas no Brasil. São milhares de pessoas homenageando àquela que gerou a vida. Por este grande motivo, a comemora esta vitória. Pois, é ela que na maioria das vezes traz esta primeira notícia da nova mamãe, o positivo dos testes de gravidez.

Hoje, a linha cresceu para atender todo o público feminino que confirma esta dádiva de ser mãe. Pensando ma praticidade, as embalagens ganharam novo design. São quatro tipos de testes de gravidez expostos nas drogarias e farmácias. Cada um para melhor atender às necessidades individuais de cada mulher.
Confirme Direct – é o novo teste de gravidez, seguro, fácil e rápido para detecção de hCG na urina, a qualquer hora do dia, a partir do primeiro dia de atraso da menstruação e dispensa o uso do frasco coletor- Direto no jato da urina.

 Objetivo: Confirmar a possibilidade de gravidez.

Como funciona: o teste pode ser feito a partir do primeiro dia de atraso do período menstrual. Ele detecta a presença do hormônio GCH (Gonodotrofina Coriônica Humana) na urina, as quantidades deste hormônio aumentam durante os primeiros três meses de gravidez.

 NOVAS EMBALAGENS

A empresa revitalizou suas embalagens que estão com traços mais suaves e permitem uma unicidade visual mais atual. A linha confirme® apostou em cores diferenciadas para cada teste, proporcionando maior facilidade ao consumidor.  As novas embalagens foram lançadas em março. O mecanismo dos testes continua o mesmo e com a maior porcentagem de precisão do mercado que é de 99,6%. As bulas também foram reformuladas e contém informações mais detalhadas com ilustrações bem explicativas e hoje as consumidoras ainda contam com vídeos explicativos na página da Confirme –  VIDEOS

SOBRE A CONFIRME TESTES

Pensando nas mulheres a Analitic Tecnologia de Precisão criou em 1999 a . Com a idéia de monitorar e minimizar o sofrimento do desconhecido através de autoteste, com a vantagem de poder realizá-los no conforto do seu lar.

Líder do segmento, a  traz todos os resultados dos testes através da urina com a mesma precisão que os testes de sangue feitos em laboratórios e de forma menos invasiva do que exames clínicos específicos.

Para mais detalhes, basta acessar o site: http://www.confirme.com.br

ACOMPANHE PELO FACEBOOK: https://www.facebook.com/pg/ConfirmeTeste/photos/?ref=page_internal

 

As Fases da Mulher são tão importantes que até data de comemoração temos no calendário anual.

fase-menopausa

Dia Mundial da Menopausa é comemorado no dia 18 de outubro e , saiba que, diagnóstico precoce diminui incômodos decorrentes desta fase.

  É comum ouvir falar sobre o tratamento da menopausa. Mas, será que a mulher sabe exatamente quando ela se aproxima? Sintomas como calores, suores noturnos, redução do desejo sexual e ausência da menstruação, nem sempre, significam que a mulher já está na menopausa. 

fases-da-menopausa

É preciso entender que existe também a perimenopausa ou climatério. Esse é o termo médico usado para denominar a fase de transição que marca o fim da vida reprodutiva feminina. É a fase que antecede a menopausa e surge normalmente por volta dos 45 anos e deve-se à diminuição de estrogênio, hormônio feminino que é produzido pelos ovários. A mulher só pode considerar que está na menopausa após um ano da ausência do sangramento.

“A melhor opção, nesse caso, é manter uma alimentação equilibrada, com uma dieta rica em soja e proteínas, além de exercícios físicos regulares”, aconselha Dra. Adriana Juliani – farmacêutica responsável da Linha Confirme. A complementação hormonal deve ser feita apenas após avaliação médica, afinal, cada caso deve ser analisado individualmente.

fase-alimentos-menopausa

O segredo para tornar esse período menos desagradável é realizar o diagnóstico logo de início. O Confirme Menopausa pode ajudar neste processo. O teste detecta através da urina a presença do hormônio FSH (Folículo Estimulante), sinalizando o provável início da Menopausa na mulher.

 Os médicos defendem que quanto antes for diagnosticado a Menopausa, mais fácil será o tratamento. “A vantagem de ter um teste que detecta o início da menopausa é que a mulher pode buscar um profissional que ajude a conviver com o processo e as mudanças que ocorrem com o organismo”, afirma Dra. Adriana.

O Confirme Menopausa tem o objetivo de auxiliar a mulher a se preparar melhor para essa nova etapa da vida. O autoteste tem 99,6% de precisão. 

O teste de menopausa confirme® é uma forma mais rápida de saber se a nossa produção hormonal está alterada. O teste de menopausa confirme® avalia a concentração urinaria do hormonio FSH, o que pode indiciar se a mulher já está na menopausa. O teste de menopausa confirme® é um teste urinário semelhante ao da gravidez.
Para fazer o teste a mulher deve recolher a sua urina, primeira urina da manha, num recipiente limpo e seco, deve depois mergulhar a ponta da tira de teste, mergulhe até às setas, na urina durante 3 segundos. Irá obter o resultado após 5 minutos.
Como ler o resultado do teste de menopausa confirme®
Após esperar 5 minutos deve conferir o resultado, se a tira apresentar um linha rosa, o teste deu negativo, a sua concentração de hormonio FSH ainda é baixa ou inexistente, se a tira revelar duas linhas rosa, o teste deu positivo, a mulher tem indícios de estar na Menopausa deve falar com seu médico.

O produto pode ser encontrado em farmácias e drogarias. O Confirme Menopausa também pode ser adquirido através do site www.analitic.com.br

Mais informações sobre os testes: www.confirme.com.br.

Preço Sugerido: R$ 19,00

As inevitáveis rugas: Elas chegam para todos! com Lana Côrtes

 

Entenda como se formam as rugas verticais; tratamento não-invasivo resolve problema

Posição de dormir, aliada ao envelhecimento natural, é a principal causa das rugas verticais na testa; problema pode ser corrigido em uma única sessão com ultrassom microfocado Megafocus e laser Pro-Collagen, trabalhando na musculatura, derme profunda e derme superficial.

as-rugas-dos-40

 Quando o assunto é ruga, é normal a associação a linhas horizontais formadas em razão do fotoenvelhecimento e expressões faciais. Mas um tipo de ruga mais específica, as verticais na testa, demanda atenção, porque está ligada a um hábito diário: o de dormir. “Essa é a causa mais comum para o surgimento desse tipo de rugas. Enquanto as rugas dinâmicas por conta das expressões faciais são horizontais, as rugas verticais na testa são influenciadas pela posição de dormir, de lado. A pele sempre ‘dobra’ no mesmo local e favorece o aparecimento dessas rugas”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

De acordo com o médico, essas rugas verticais se formam principalmente a partir dos 40 anos, mas podem aparecer também em pacientes com fototipos mais claros, aos 30. “Elas têm influência do envelhecimento celular, uma vez que quando a pele é jovem e tem elasticidade, ela contrai e volta ao normal sem criar o sulco, porque tem muitas fibras elásticas. À medida em que o paciente envelhece, ocorre a diminuição dos níveis de fibras elásticas e isso acaba formando as rugas”, comenta o médico. “A única exceção é com a ruga médio frontal, que é aquela no meio da sobrancelha. Essas aparecem para pessoas muito expressivas, e também se formam verticalmente por contração da musculatura da região”, explica. “Mas ambas têm influência do envelhecimento”, destaca.

Para resolver o problema, o médico dermatologista indica a tecnologia Megafocus, um ultrassom microfocado da plataforma Solon. “Menos invasivo, Megafocus atinge o músculo, enrijecendo e deixando mais firme a musculatura. E o procedimento costuma melhorá-las e também eleva a sobrancelha e muda a silhueta facial, promovendo lifting não cirúrgico”, explica o dermatologista.

Como age — Segundo o dermatologista, Megafocus entrega pontos de coagulação térmica em uma série de linhas em duas profundidades: derme profunda (a 3 mm de profundidade) e na camada muscular – SMAS (sistema músculo aponeurótico, a 4,5 milímetros de profundidade). “A energia de ultrassom é focada em um ponto abaixo da superfície da pele, concentrando-se em uma área de aproximadamente de 1,5 mm cúbico por ponto. O aquecimento ocorre na derme e no sistema superficial do músculo aponeurótico (SMAS) através de pontos de coagulação”, explica. Com isso, o músculo sofre uma contração imediata ao ser atingido pelos pontos de coagulação, segundo o especialista. “Isso produz um efeito lifting, que pode apresentar evolução no período de três meses após o procedimento, quando o novo colágeno continua a ser produzido. O objetivo, então, é encurtar o músculo para tracionar a pele para cima, resultando em um efeito lifting não cirúrgico”, destaca.

Como age de dentro para fora, sem causar danos à epiderme, a recuperação é imediata e o paciente pode voltar às atividades de rotina no mesmo dia. Apesar disso, o dermatologista explica que, nos locais tratados, pode ocorrer inchaço, eritema, hematoma ou apresentar formigamento e leve sensação de dor muscular. “Todos estes sintomas melhoram rapidamente. Como se trata de um tratamento cuja ação é dentro da pele, não há períodos de inatividade”, completa.

A ação do procedimento pode ser potencializada com o uso do laser Pro-Collagen, que age na derme mais superficial. “Com o uso dos dois equipamentos, há um rejuvenescimento completo e é possível até eliminar essas rugas”, afirma o médico.

Sessões — O médico indica uma sessão do procedimento. “A melhora na flacidez começa a aparecer 20 dias após o início do tratamento, mas os melhores resultados, depois de 3 meses”. As contraindicações são: gestantes, pacientes em tratamento com anticoagulantes, doença autoimune, diabetes, epilepsia, queloides e preenchedores.

Fonte: A LMG – Laser Medical Group é uma empresa experiente e transparente que atua e conhece o mercado nacional e tem, como objetivo, trazer soluções inovadoras à classe médica. Este segmento foi escolhido porque o sucesso no resultado dos tratamentos com os pacientes é o reflexo dos anos de estudo, comprometimento e respeito pela saúde. Portanto, trata-se de uma empresa realmente comprometida com esta classe, que trabalha constantemente para aumentar o escopo de tratamentos já realizados e melhorar a desempenho dos já existentes. http://www.lmglasers.com.br

Receitinha para você que adora fazer um bolo. com Lana Côrtes

A chef de cozinha Paula Rosignoli, da Pra Lá de Bom Delicias -reconhecida por oferecer alimentos preparados artesanalmente na zona norte de São Paulo, sugere o bolo Negro de chocolate belga , uma receita especial que vai ao encontro de quem tem alergia ou intolerância ao glúten,e não abre mão de um doce no final da tarde. A receita também é uma opção para quem preza pela saúde e qualidade de vida.

Receita:  BOLO NEGRO DE CHOCOLATE BELGA 70%

bolo negro

Ingredientes

Creme

4 ovos orgânicos

40 gramas de Óleo de Coco

60 gramas de Óleo Vegetal

200 g de Açúcar Demerara Orgânico

1 laranja pera

75 gramas de Tâmaras

1 grama de Café Solúvel

40 gramas de Chocolate em pó.

20 gramas de Cacau

40 gramas de Água

Secos

50 gramas de de farinha de arroz

50 gramas de polvilho doce

20 gramas de fécula de batata

50 gramas de farinha de Sorgo

3 gramas de fermento em pó quimico
5 gramas de Goma Xantana

5 gramas de bicarbonato de sódio

50 gramas de Chocolate 70%

 

 

Modo de Preparo

No liquidificador colocar as gemas, o ovo, os óleos, o açúcar, as laranjas, as tâmaras, o café solúvel, o chocolate em pó, a agua e o cacau.   Bater bem e reservar. Juntar os secos e misturar o creme do liquidificador.

Bater as claras em neve. Colocar o fermento na massa , colocar as claras em neve, delicadamente. Por último o chocolate picado.

Usar forma redonda alta de 23 a 25 cm de diametro untada.
Tempo de preparo – 1 hora e 30 minutos

Rendimento – 12 pedaços

Caloria por 100 gramas: 314 Kcal

Sobre a Pra Lá de Bom

A marca é uma iniciativa da Chef de cozinha, Paula Rosignoli – celíaca há mais de 15 anos. O público da padaria conta com alimentação sem glúten, sem lactose, diet e serviço personalizado para quem tem alergias e intolerâncias.

Quem visita a Pra Lá DeBom conta com diversas opções de pães, bolos, tortas, massas de pizzas, docinhos sem glúten e sem alergênicos. Os preços variam entre R$3,00 e R$ 90,00, o valor também varia de acordo com a encomenda para serviços personalizados.

Saiba mais: www.praladebom.com.br

https://www.facebook.com/praladebomDSG

Açúcar: qual a forma mais saudável de substituir este item na dieta. com Lana Côrtes

Entenda porque reduzir seu consumo é tão importante para a saúde e boa forma

diabetes doces foto

Brigadeiro, quindim, pudim de leite…o cardápio do brasileiro é recheado de tentações dignas de um manjar dos deuses. Com tantas delícias, encarar a dieta muitas vezes é um sacrifício. Isso porque, além de apetitosas nossas receitas também são conhecidas pelo acentuado sabor açucarado. Tamanha “doçura” preocupa muito além da boa forma: entidades de saúde alertam que o alto consumo de sacarose pela população é um fator de risco para complicações como hipertensão, alterações metabólicas e, sobretudo, o diabetes. Logo, reduzir o consumo não é apenas uma questão estética: é um fator de prevenção de diversas doenças. Porém, no dia-a-dia, algumas dúvidas podem surgir quanto a forma mais adequada e mais saudável de substituir o aç&uac ute;car refinado – restrições alimentares, condições de saúde e até mesmo o paladar pode implicar diretamente na escolha.

Precisamos de açúcar?

A sacarose, mais conhecida como açúcar de mesa, é sem dúvidas o tipo mais popular e de maior consumo em todo o mundo. Porém, o ingrediente não possui nenhuma característica funcional no organismo. De acordo com a nutricionista Sinara Menezes da Nature Center, o alimento é classificado como uma caloria vazia, pois não entrega benefícios ao corpo: “Apesar de ser extraída de um produto natural, os processos químicos responsáveis por refinar e deixar o açúcar com a aparência branca removem todos os nutrientes presentes na cana, logo o produto final não entrega nenhum nutriente.” E esta não é a única desvantagem: “O açúcar é um carboidrato simples de altíssimo índice glicêm ico, capaz de propiciar o ganho de peso e outras disfunções metabólicas quando consumido em excesso.” – complementa.

Diante de tal afirmação muitos podem se perguntar: mas nosso organismo não precisa de glicose? A confusão entre açúcar e glicose é bastante comum – a glicose é, de fato, o combustível do organismo, porém, esse composto é um monossacarídeo obtido principalmente através da metabolização de diversos alimentos – ou seja, quando comemos, nosso organismo vai quebrar as estruturas dos alimentos até chegar nas moléculas mais simples e obter a glicose. Já a sacarose é um dissacarídeo composto de duas estruturas simples – a frutose e a glicose. O grande problema é que, devido essa estrutura simples, a sacarose não exige muito esforço do organismo na sua digestão. Logo, o açúcar é absorvido de forma muito rápida pelo organismo e é justamente aí que mora o perigo:

Açúcar x Saúde

A ingestão do açúcar e de outros carboidratos simples elevam consideravelmente a concentração glicêmica, exigindo mais do pâncreas. Sempre que nos alimentamos, o órgão libera insulina – um hormônio responsável por levar a glicose para dentro das células afim de que ela seja usada como energia. Quando esses picos glicêmicos se tornam frequentes, o organismo pode desenvolver resistência à insulina, fazendo com que o organismo não aproveite a glicose de forma adequada, aumentando sua concentração no sangue e ocasionando a temida diabetes. Outro ponto relevante é que o consumo exagerado de açúcar propicia o ganho de peso, uma vez que o excesso de glicose é armazenado pelo corpo em forma de tecido adiposo, ou seja, gordura. Considerando-se que a obesidade está relacionada a problemas diversos como o aumento do colesterol, trig licerídeos, hipertensão e até mesmo doenças cardiovasculares, o controle da ingestão do açúcar é fundamental não somente pela questão estética.

Doce vício

O crescente consumo não está ligado somente ao seu sabor agradável, estudos também relacionam o hábito à fatores psicológicos. Isso porque o alimento estimula a produção de substâncias atuantes no centro de recompensa do cérebro “sua ingestão influencia na produção de neurotransmissores como a serotonina e dopamina – ligados à sensação de prazer e bem estar” – explica a nutricionista. Essa é a razão pela qual nos sentimos mais tentados a consumir alimentos açucarados quando estamos deprimidos. Pesquisas indicam, inclusive, que os efeitos do açúcar no cérebro são similares ao de substâncias que causam dependência. Logo, dizer que o alimento é viciante não é mero exagero – para algumas pessoas deixar de consumir açúcar pode ser, de fato, um gr ande desafio.

É preciso eliminar?

Salvo em casos de diabetes e outras situações de saúde onde o consumo é realmente restrito, não é necessário excluir totalmente o açúcar da dieta. Além de ser uma tarefa praticamente impossível, deve-se considerar que não nos alimentamos somente para nutrir o corpo – as refeições também devem ser prazerosas. A palavra de ordem é moderação, algo que os brasileiros não estão praticando: de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estamos consumindo 50% mais açúcar do que o considerado seguro pela instituição (50gr/dia). Diminuir seu consumo seja pela questão estética ou por saúde, só trará benefícios ao organismo: além de contribuir para o emagrecimento, o consumo moderado diminui o risco do diabetes e outros males relacionados à obesidade.

Alternativas para o açúcar refinado:

Existem outras qualidades mais saudáveis de açúcar que fogem da categoria “caloria vazia”. Ainda assim, a nutricionista alerta que, salvo o pouco conhecido “açúcar de coco”, todos possuem alto índice glicêmico, logo, também devem ser consumidos com moderação:

  • Açúcar mascavo: como primeiro subproduto extraído da cana, esta qualidade conserva alguns nutrientes da planta como o cálcio, ferro, potássio e demais sais minerais. Por sofrer menos processos químicos, sua coloração é mais escura, sua textura mais arenosa e seu sabor semelhante ao da cana de açúcar.
  • Açúcar demerara: este açúcar passa por um leve processo de refinamento, porém sem aditivos químicos. Por isso, preserva parte do valor nutricional da cana e, ao mesmo tempo, possui textura um pouco mais refinada e clara em comparação ao mascavo.
  • Açúcar orgânico: por não sofrer nenhum tipo de aditivo químico desde o plantio à industrialização, esta qualidade também é nutritiva e possui poder adoçante próximo ao do açúcar refinado. Porém, devido sua característica artesanal, possui valor mais elevado em comparação com os demais.
  • Açúcar de coco: este tipo de açúcar ainda é pouco conhecido, porém, é uma boa aposta por possuir baixo índice glicêmico. Feito à base de coco, possui sabor residual do fruto e menor potencial adoçante em relação aos demais.

Adoçante é uma boa aposta?

Ainda que muitas pessoas acreditem fazer uma boa troca ao substituir o açúcar pelo adoçante, principalmente durante a dieta, a medida não é tão saudável quanto se imagina. A questão é realmente polêmica, porém, quando se trata de saúde, a nutricionista aponta que a medida mais inteligente é apostar na alimentação mais natural possível, evitando produtos industrializados como o adoçante “Pessoas saudáveis e que não necessitam de dietas especiais, não precisam fazer o uso de adoçantes. Sua ingestão só é necessária para pacientes que precisam restringir o açúcar da alimentação como o caso do Diabetes. Basta mudar os hábitos alimentares, comendo produtos in natura, como sucos de frutas. Mudar este hábito pode demandar tempo e dedicação, porém &ea cute; a escolha mais saudável.” Mesmo o stevia, adoçante a base da planta, ou o açúcar light, que possui em sua composição 50% de adoçante, devem ser utilizados somente por quem tem restrição total ao consumo de açúcar. Ainda que esses produtos sejam amplamente comercializados e consumidos, a profissional aponta que os riscos envolvidos na ingestão a longo prazo de qualquer produto químico deve ser considerado.

Reduzindo a ingestão de açúcar

  • Reeduque seu paladar: Nosso paladar é capaz de se adaptar as mudanças do cardápio: “Não é preciso mudar bruscamente. Para que se torne um hábito, o ideal é reduzir gradativamente a ingestão do açúcar refinado ou substituí-lo por opções mais saudáveis até que o paladar se acostume.” – aconselha Sinara;
  • Descubra outras formas de adoçar: O uso de frutas maduras como a banana e a maçã também são alternativas. Outra dica é apostar em condimentos naturais, ervas e especiarias para realçar o sabor dos alimentos;
  • Fuja dos industrializados: alimentos como pães, refrigerantes, chás e sucos prontos possuem alta concentração de açúcar. E isso não se limita aos produtos de sabor doce: molhos de tomate, catchups e diversos temperos industrializados são ricos do ingrediente. Por isso a próxima dica também é indispensável:
  • Leia o rótulo dos alimentos: a indústria alimentícia muitas vezes usa nomenclaturas variadas para que o açúcar passe despercebido, sendo que muitas vezes mais de um tipo é utilizado. Fique atento à ingredientes como: Maltodextrina, maltose, dextrose, xaropes, glucoses, lactose, melados e néctares. E a nutricionista enfatiza “açúcar invertido também é açúcar”.
  • Aposte no cromo: o picolinato de cromo é um mineral presente em diversos alimentos como o brócolis, a banana e o feijão. Estudos indicam que a substância é capaz de tornar a produção da insulina mais eficaz, sendo que sua suplementação em pacientes com diabetes tem sido amplamente pesquisada. Além disso, o cromo aumenta a saciedade e reduz a compulsão por doces, beneficiando a dieta.
  • Relaxe: atividades que promovem o bem estar estimulam a liberação da serotonina e, ao mesmo tempo, combatem a ação do cortisol – hormônio do stress. Esse vilão está ligado ao sentimento de depressão que aumenta a tentação por doces. Praticar exercícios físicos é uma ótima forma de estimular a serotonina e controlar o nível do cortisol;
  • Seja moderado: Não adianta substituir o refinado por outro “mais saudável” e usar o dobro na hora de adoçar. Lembre-se, qualquer açúcar possui alto índice glicêmico e quando em excesso, pode acarretar em ganho de peso e problemas de saúde Se você não consegue se adaptar ao outros, apenas reduza a ingestão do açúcar branco;
  • Tenha uma alimentação equilibrada: Alimentar-se de 3 em 3 horas e fazer refeições balanceadas mantem o organismo saciado e nutrido. Muitas vezes, a carência nutricional pode estar relacionada a compulsão por açúcar. Por isso, esteja sempre atento aos sinais do corpo e consulte um nutricionista para assegurar uma dieta rica e adequada ao seu perfil.

Conheça o guia completo: Cuidados com a Pele (inclusive no inverno!)

Falar sobre pele é entender como conservar o maior órgão do corpo humano, que representa 15% de nossa composição. A pele recebe diariamente os raios UV, poluição e nos ajuda na regulação da temperatura corporal.

Agora que compreendemos que a importância da pele vai além dos fatores estéticos, que tal aprendermos a cuidar melhor dela? Para te ajudar eu que sempre acompanho e indico, o Consulta do Bem elaborou um guia definitivo para cuidar da pele do jeito certo.

Utilize filtro solar

Proteger-se sol é uma das práticas mais importantes para cuidar da pele. Visto que os raios solares podem causar problemas diversos, como câncer de pele, queimaduras, envelhecimento precoce, acne e queratose.

Evite fumar

Os componentes do cigarro contribuem diretamente para o envelhecimento da pele e aparecimento de rugas, sem mencionar outros problemas, como a destruição do colágeno da pele por conta da fumaça, flacidez na pele do rosto, etc. A única solução para esses problemas é parar de fumar.

Escolha os produtos certos

É comum ver as pessoas reclamando de algum creme que ou deixou a pele oleosa e cheia de acne ou muita seca. Isso é causado, principalmente, pela desatenção na hora de adquirir um produto. Por isso, sempre compre um creme ou gel que seja adequado para seu tipo de pele. Ainda é importante ressaltar que se você precisar de um tratamento para melhorar um problema mais sério de pele, procure um dermatologista.

Beba muita água

Bebendo água você se mantém hidratado e permite que a água exerça suas muitas funções. Por exemplo, ela é responsável pelos diversos processos que produzem uma camada protetora rica em ácidos graxos que mantém a saúde da pele.

Mantenha uma dieta balanceada

Abuse de alimentos com vitamina C, como a laranja, acerola e limão, por exemplo, pois ela auxilia na produção natural de colágeno. Ingira probióticos, encontrados em iogurtes e leites fermentados, que ajudam a prevenir a acne. Invista no betacaroteno, presente em alimentos de aspecto alaranjado, como cenoura, mamão e abóbora, para contribuir para cicatrizações rápidas e redução de inflamações que podem resultar no aparecimento de espinhas. E, finalmente, aposte no licopeno para ação antioxidante, ele existe em alimentos avermelhados, como o tomate.

O inverno

Passar protetor solar sempre que possível, hidratar a pele e tomar bastante água, são algumas das medidas que todo mundo sabe que deve tomar no verão. No inverno, apesar do sol mais ameno, se engana quem pensa que não devemos tomar tanto ou mais cuidados com a pele do que no verão. Veja abaixo algumas dicas que o Consulta do Bem preparou para você evitar problemas em decorrência do clima mais seco, frio e tipicamente de baixa umidade do ar.

Evite banhos muito quentes

Evite banhos quentes e demorados, pois a água em temperaturas muito altas retira a oleosidade da pele, contribuindo para seu ressecamento e com aquele aspecto esbranquiçado.

Utilize menos sabão

Pra falar a verdade, eu não uso, acho que nunca usei sabão, sabonetes no rosto. Então, diminua o uso de buchas e ensaboe-se menos também para evitar o ressecamento excessivo da pele, uma vez que eles também removem o óleo hidratante natural do corpo, que protege a cútis das ações do tempo, como o frio. Ah… tardia bem o envelhecimento. Acredite!

Passe hidratante

Em contrapartida, logo após o banho deve-se passar hidratante, de preferência ainda no banheiro, com o vapor do banho, para facilitar penetração do creme na pele.

Dê prioridade para área mais ásperas e grossas do corpo. E utilize produtos específicos para o rosto, sobretudo se sua pele for muito oleosa e com acne.

Cuidado com os lábios

Também é bastante comum ocorrer o ressecamento dos lábios em épocas do ano mais rigorosas. Abuse dos hidratantes labiais ou de umectantes para evitar rachaduras.

Evite lugares fechados

Durante o frio, a maioria das pessoas permanecem por maior tempo em ambientes fechados, com pouca circulação de ar, o que também favorece uma maior exposição da pele à vírus, bactérias e outros microrganismos causadores de alergias e do ressecamento.

Use bacias de água

Como já dissemos, a pouca umidade do ar é um dos principais causadores do ressecamento da pele. Por isso, nestas épocas do ano, é válido deixar uma bacia com água em pontos estratégicos da casa para manter o ambiente mais úmido.

Agora que você já sabe como cuidar da sua pele lembre-se sempre que a consulta a um especialista é requisito fundamental para que os procedimentos sejam eficientes e seguros.

Sobre o Consulta do Bem

Consulta do Bem é uma startup de tecnologia que desenvolveu uma plataforma digital com a missão de melhorar o acesso à saúde de qualidade. Através do site www.consultadobem.com.br e do aplicativo disponível para Android e iOS (em breve), é possível marcar consultas selecionando especialidade, endereço e preço. Tudo com até uma hora de antecedência.

A Empresa, que surgiu em 2015 criada por médicos e empreendedores, já está presente em várias cidades do Estado de São Paulo e tem planos de expansão para todo o país.

Os profissionais de saúde disponíveis no Consulta do Bem são regulados por conselhos como o de psicologia, fisioterapia, medicina, acupuntura, fonoaudiologia e nutrição. – Espero que tenham gostado. Aproveitem as dicas, ok? beijos da Lana Côrtes