Na saúde e na alegria: casais que treinam juntos são mais felizes – com Lana Côrtes

Olá amigos, tudo bem? Experiência própria e realizada, compartilho com vocês está matéria que vai valer a pena tentar seguir.  Muitos casais ficam em casa, vendo TV e nem ao menos se tocam. Quando um está muito carente, pede ao parceiro um carinho. Sexo então, ouço muitas reclamações que é por assim..: Tenho que comparecer – Necessidade fisiológica etc.. Ai depois reclamam que o parceiro(a) não quer mais nada.. Não é nada disso. Temos que realmente manter uma relação saudável e estimular nossos parceiros.  Não podemos viver o ontem e muito menos o amanhã. Viva a vida agora. Não espere por nada e ninguém para ser feliz. OK? De acordo com estudo, os benefícios das atividades compartilhadas entre casais fortalecem o vínculo afetivo e o desenvolvimento físico

Recentemente, uma pesquisa realizada pelo Instituto Ilumeo, de São Paulo, comprovou que casais que cuidam juntos da saúde e do bem estar são mais felizes. Os benefícios são inúmeros e vão desde o bom desempenho físico, motivado pelo parceiro, até a cumplicidade que ajuda a manter o relacionamento saudável.

O preparador físico da Academia Bodytech Lago Sul, Talles Sucesso, garante que os resultados são evidentes. “A sociabilização e a parceria proporciona o aumento do desempenho no treinamento. E o aumento, principalmente, da fidedignidade, a continuidade na realização do plano de exercícios é fundamental para elevar o resultado”.

Para a psicóloga Gláucia Flores, da Aliança Instituto de Oncologia, compartilhar atividades com o parceiro possibilita fortalecer a relação e o vínculo afetivo. “Escolher dividir com aquele que gostamos, momentos agradáveis, hábitos e gostos, é uma das coisas que favorece uma maior união do casal e inova a relação, oferecendo uma pitada de diversão”.

 
É importante que as relações sejam alimentadas diariamente e introduzir cuidados mútuos pode ser uma excelente forma de quebrar a rotina e manter a relação saudável.
Agora, meus queridos amigos, convidem seus parceiros para dançar, andar de mãos dadas na praça. Não se esqueçam do beijo na boca. Tente parar uns 30 segundos e dê um beijão em quem está ao teu lado com as juras de amor que um dia você fez.. Vê se cumpra e pare ser ser uma pessoa triste, “reclamona”, velha de cabeça e se fazer de vítima. tá? beijão da Lana Côrtes

Sensibilidade e exclusividade nas peças com cristais de Camila Rahal – por Lana Côrtes

 Colar com pirita, cristal e água marinha

Significado das pedras:

Pirita: Uma das pedras que está interligada a criatividade e aos ganhos extras.vUma pedra que possuí propriedades de prosperidade e ao mesmo tempo ajuda no sentido de trazer autoestima e o brilho pessoal. 

Agua marinha: Promove sentimento de união no ambiente de trabalho. Traz paz, concede o sentimento de perdão, promove a amizade. Dissolve sentimentos de mágoa e culpa e super favorece a confiança.

O Cristal de Quartzo Transparente, também chamado de Cristal de Rocha, possui grandes propriedades curativas, sendo inclusive capaz de harmonizar e alinhar todos os Chakras. Eles também agem como purificadores e amplificadores de energias e podem ser programados para as mais diversas funções, pois possuem as energias dos sete raios da luz condensados em sua luz branca.

pedra1

Colar Mica Roxa:

 Esta pedra apresenta a mistura do rosa (coração) com o roxo (mente). 
Representa a união harmônica entre o coração e a mente, pois ajuda a criar uma ponte, facilitando o casamento da mente e do coração. Esta pedra varia de cor do rosa claro ao roxo profundo, mas na maioria das vezes as duas nuances se combinam graciosamente.

pedra2

Camila Rahal frequentou o Instituto de Artes da UNESP – Universidade Estadual Paulista, mas desde muito jovem esteve ligada ao universo das artes e trabalhos manuais. Em seu ateliê confecciona peças únicas, em diversos materiais, que traduzem a sensibilidade da artista.

Sempre foi fascinada pela beleza dos cristais brutos e, há cerca de um ano, se dedica à produção de colares e pulseiras utilizando-os como protagonistas em criações exclusivas. Os materiais utilizados para a produção das correntes e cordões também podem ser dos mais variados como couro, tecido ou metais, além da opção de tamanho.

O objetivo da marca é oferecer aos consumidores uma alternativa às joias e bijuterias, de modelos convencionais, que estão disponíveis hoje no mercado. Os cristais não são apenas bonitos, eles possuem um significado diferente para cada tipo, o que os torna ainda mais interessantes. Mais Informações em @camilarahalatelier

MARCA AMERICANA APONTA TENDÊNCIAS DE ÓCULOS PARA MODA PRIMAVERA/VERÃO – com Lana Côrtes

Olá, tudo bem? hoje a minha inspiração estão nos óculos. Poucos sabem, mas sou louca por eles. Cheguei ter coleção na Adolescência. Pra falar a verdade, até hoje. Dá uma olhadinha os novos modelos que separei para você.
oculos6 oculos3

As estações mais quentes do ano vêm carregadas com novas tendências da moda não só para roupas, como também para acessórios. Seja para compor looks ou proteger-se dos raios UVs, os itens mais queridinhos de todos são os óculos de sol e eles chegam com tudo na temporada! Antenada a isso, a rede americana NYS Collection Eyewear, preparou uma seleção com diferentes modelos que serão tendência.

oculos5 oculos2
oculos4 oculos1

As sugestões são modelos com lentes coloridas que fogem do tradicional, inspiradas na cartela de verão selecionada pela Pantone, uma das principais empresas do segmento de cores. “Sempre nos preocupamos em estudar o que está em alta no mercado internacional para trazer tendências para o Brasil”, conta Cristiane Capella, diretora da marca. Os óculos estão disponíveis nos quiosques da NYS Collection Eyewear espalhados por todo Brasil, em Shopping Centers, Aeroportos e também no e-commerce http://www.nysstore.com.br.

Sobre a NYS Collection Eyewear

Fundada em 1996, a NYS Collection Eyewear é uma marca americana especializada em óculos que oferece mais de 400 modelos para variados estilos de vida. Todos os acessórios passam por um rigoroso teste de qualidade e possuem proteções internacionais certificadas. No Brasil, a marca está presente em São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Niterói, Recife, Cuiabá, Fortaleza, Manaus e Divinópolis. Mais informações: http://www.nysbrasil.com.br

Como resolver o problema das estrias – com Lana Côrtes

 

Ganho de massa muscular, colocação de prótese de silicone, oscilação de peso, entre outros motivos, levam a um estiramento da pele, com rompimento das fibras de colágeno e elastina. Esse problema é conhecido como estria. Conheça o laser que aquece a pele a uma temperatura de 70ºC e combate problema

estrias

Elas são mais comuns do que se imagina. Aparecem em coxas, na região dos glúteos, no abdômen, no peito e em outras áreas. São as estrias, que podem ser vermelhas ou brancas (as mais antigas, que já estão cicatrizadas). “Elas ocorrem por um estiramento da pele além da sua capacidade, de forma duradoura”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology.

Causas — Dessa forma, ganho de massa muscular, colocação de prótese de silicone, oscilação de peso e até a má alimentação estão associadas ao surgimento das estrias.

Tratamentos — “Existem vários tratamentos para estrias, desde cremes à base de ácido retinóico e ácido glicólico, até lasers. Hoje em dia, também temos microagulhas que são eficientes”, explica. É o caso da Eletroderme, um sistema de radiofrequência microagulhada, disponível para a multiplataforma Solon. “As agulhas ultrapassam a epiderme, emitindo ondas eletromagnéticas apenas nas camadas mais profundas da pele, preservando a superfície. Isso faz com que a temperatura da derme chegue até a 70ºC, estimulando a produção de colágeno e refazendo as fibras rompidas”, afirma o dermatologista.

Ação das microagulhas — Segundo o especialista, a ação do Eletroderme provoca o estímulo da regeneração celular por meio do processo de cicatrização, a proliferação de células-tronco e estímulo da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanquíneos). “Esta técnica pode ter ação até a derme média e, por possuir radiofrequência, realiza pontos de coagulação de efeito térmico sem nenhuma interação com a epiderme”, acrescenta. O equipamento pode ser ajustado para atingir temperaturas de 55ºC a 100ºC.

Sessões — Durante o procedimento com Eletroderme, o paciente pode sentir leve aquecimento no local. Para que os resultados sejam satisfatórios, são necessárias, em média, quatro sessões com intervalos mensais, dependendo da resposta de cada paciente, segundo o dermatologista. “O pós-procedimento é tranquilo, a recuperação é muito rápida, bem como o retorno do paciente às atividades. A região, em alguns casos, pode ficar eritematosa e edemaciada. Em 30 dias já é possível ver os primeiros resultados. Os finais aparecem após quatro meses”, comenta.

Contraindicações — O procedimento Eletroderme é contraindicado para gestantes e pacientes com tendência à formação de queloide, e não deve ser feito em áreas do corpo com infecções.

Fonte: A LMG –

As inevitáveis rugas: Elas chegam para todos! com Lana Côrtes

 

Entenda como se formam as rugas verticais; tratamento não-invasivo resolve problema

Posição de dormir, aliada ao envelhecimento natural, é a principal causa das rugas verticais na testa; problema pode ser corrigido em uma única sessão com ultrassom microfocado Megafocus e laser Pro-Collagen, trabalhando na musculatura, derme profunda e derme superficial.

as-rugas-dos-40

 Quando o assunto é ruga, é normal a associação a linhas horizontais formadas em razão do fotoenvelhecimento e expressões faciais. Mas um tipo de ruga mais específica, as verticais na testa, demanda atenção, porque está ligada a um hábito diário: o de dormir. “Essa é a causa mais comum para o surgimento desse tipo de rugas. Enquanto as rugas dinâmicas por conta das expressões faciais são horizontais, as rugas verticais na testa são influenciadas pela posição de dormir, de lado. A pele sempre ‘dobra’ no mesmo local e favorece o aparecimento dessas rugas”, explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

De acordo com o médico, essas rugas verticais se formam principalmente a partir dos 40 anos, mas podem aparecer também em pacientes com fototipos mais claros, aos 30. “Elas têm influência do envelhecimento celular, uma vez que quando a pele é jovem e tem elasticidade, ela contrai e volta ao normal sem criar o sulco, porque tem muitas fibras elásticas. À medida em que o paciente envelhece, ocorre a diminuição dos níveis de fibras elásticas e isso acaba formando as rugas”, comenta o médico. “A única exceção é com a ruga médio frontal, que é aquela no meio da sobrancelha. Essas aparecem para pessoas muito expressivas, e também se formam verticalmente por contração da musculatura da região”, explica. “Mas ambas têm influência do envelhecimento”, destaca.

Para resolver o problema, o médico dermatologista indica a tecnologia Megafocus, um ultrassom microfocado da plataforma Solon. “Menos invasivo, Megafocus atinge o músculo, enrijecendo e deixando mais firme a musculatura. E o procedimento costuma melhorá-las e também eleva a sobrancelha e muda a silhueta facial, promovendo lifting não cirúrgico”, explica o dermatologista.

Como age — Segundo o dermatologista, Megafocus entrega pontos de coagulação térmica em uma série de linhas em duas profundidades: derme profunda (a 3 mm de profundidade) e na camada muscular – SMAS (sistema músculo aponeurótico, a 4,5 milímetros de profundidade). “A energia de ultrassom é focada em um ponto abaixo da superfície da pele, concentrando-se em uma área de aproximadamente de 1,5 mm cúbico por ponto. O aquecimento ocorre na derme e no sistema superficial do músculo aponeurótico (SMAS) através de pontos de coagulação”, explica. Com isso, o músculo sofre uma contração imediata ao ser atingido pelos pontos de coagulação, segundo o especialista. “Isso produz um efeito lifting, que pode apresentar evolução no período de três meses após o procedimento, quando o novo colágeno continua a ser produzido. O objetivo, então, é encurtar o músculo para tracionar a pele para cima, resultando em um efeito lifting não cirúrgico”, destaca.

Como age de dentro para fora, sem causar danos à epiderme, a recuperação é imediata e o paciente pode voltar às atividades de rotina no mesmo dia. Apesar disso, o dermatologista explica que, nos locais tratados, pode ocorrer inchaço, eritema, hematoma ou apresentar formigamento e leve sensação de dor muscular. “Todos estes sintomas melhoram rapidamente. Como se trata de um tratamento cuja ação é dentro da pele, não há períodos de inatividade”, completa.

A ação do procedimento pode ser potencializada com o uso do laser Pro-Collagen, que age na derme mais superficial. “Com o uso dos dois equipamentos, há um rejuvenescimento completo e é possível até eliminar essas rugas”, afirma o médico.

Sessões — O médico indica uma sessão do procedimento. “A melhora na flacidez começa a aparecer 20 dias após o início do tratamento, mas os melhores resultados, depois de 3 meses”. As contraindicações são: gestantes, pacientes em tratamento com anticoagulantes, doença autoimune, diabetes, epilepsia, queloides e preenchedores.

Fonte: A LMG – Laser Medical Group é uma empresa experiente e transparente que atua e conhece o mercado nacional e tem, como objetivo, trazer soluções inovadoras à classe médica. Este segmento foi escolhido porque o sucesso no resultado dos tratamentos com os pacientes é o reflexo dos anos de estudo, comprometimento e respeito pela saúde. Portanto, trata-se de uma empresa realmente comprometida com esta classe, que trabalha constantemente para aumentar o escopo de tratamentos já realizados e melhorar a desempenho dos já existentes. http://www.lmglasers.com.br

No Fontana, o romance prevalece, no restaurante no pátio com paisagismo luxuoso do Biltmore. com Lana Côrtes

Novidades no Palme d’Or e Fontana!

coral flLORIDA

Coral Gables, Flórida – O verão está em pleno andamento no sul da Flórida e isso só pode significar uma coisa … Miami Spice! Apreciadores da gastronomia, moradores e visitantes estão ansiosos por agosto para que eles possam comer nos melhores restaurantes de Miami sem custar os olhos da cara. O Miami Spice Restaurant Month é na verdade uma série de dois meses de oportunidades gastronômicas com desconto em toda a Miami, com menus de 3 pratos para almoço e jantar nos melhores estabelecimentos da cidade. Com tantos restaurantes para escolher, o Palme d ‘Or e Fontana no The Biltmore Hotel criaram pratos atraentes, de dar água na boca, para os apreciadores da gastronomia!

No Palme d’Or, os hóspedes irão receber mais do que uma deliciosa refeição, eles vão participar de uma autêntica experiência de culinária francesa preparada pelo Chef estrelado Michelin Gregory Pugin e indicado ao prêmio James Beard  de “Revelação do Ano”. Usando ingredientes frescos, locais e sustentáveis, Pugin espera dar a cada hóspede a sensação de que ele ou ela tenha sido transportado para a França para uma noite de gastronomia e ambientação francesa. Pugin tem um estilo único de culinária que ele atribui à sua extensa e eclética experiência em treinamento culinário. Ele disse: “Eu gosto de preparar pratos clássicos franceses e adicionar um leve toque de modernidade neles. Eu estou procurando o equilíbrio perfeito e quero dar a cada hóspede uma refeição única e surpreendente “.

No Fontana, o romance prevalece, no restaurante no pátio com paisagismo luxuoso do Biltmore. Com a sua fonte central e vista para a arquitetura mediterrânea do Biltmore, o Fontana oferece um encanto distintamente europeu e sofisticação desde o nascer até o pôr do sol. Chef Giuseppe Galazzi utiliza ingredientes orgânicos frescos e locais em todo o menu. Aqueles que desfrutarem do almoço e jantar, terão o prazer de explorar as empreitadas da culinária italiana regional do Chef Galazzi para oferecer aos hóspedes ” experiências de refeições exclusivas que vão cativar os apreciadores da gastronomia”.

O Miami Spice acontece até 30 de setembro – almoço US$23 e jantar US$39. Bon appétit!

Conheça nossos Chefs

chef Fontana

CHEF GREGORY PUGIN

Nascido e criado na região Sudoeste da França, o Chef Gregory Pugin possui um currículo impressionante incluindo tendo trabalhado com o renomado Chef Joël Robuchon em seu laboratório de Paris, abrindo restaurantes e trabalhando em seu programa de TV. Depois de abrir L’Atelier de Joël Robuchon, em Nova York, onde permaneceu por dois anos como Sub Chef Executivo. Pugin deixou Robuchon para começar a trabalhar como Chef Executivo do Veritas, onde foi reconhecido com uma estrela Michelin e com a indicação de “Chefe Revelação do Ano” da James Beard Foundation. Antes de ingressar no Biltmore, Pugin foi o Chef Executivo no Le Cirque, no Bellagio, em Las Vegas, e recebeu o prêmio de “Prato Mais Saboroso do Ano” em 2011 por seu Oxtail Bucatini Timbale. O mais novo Chefe do Palme d’Or diz que ele está “sempre pensando sobre a experiência”, e espera fazer de cada refeição “a melhor refeição que alguém já teve.”

Entrevista com Chef Gregory Pugin

1.       VOCÊ SEMPRE SOUBE QUE QUERIA SER UM CHEF? Comecei a cozinhar em casa quando criança, porque eu adorava estar na cozinha, comer bem e fazer as pessoas felizes com a minha comida. Fui estudar e obtive meu CAP e BEP Hôtellerie et Restauration (Diplomas de Qualificações Franceses para Hospitalidade e Gastronomia).

2.       QUAL FOI O SEU PRIMEIRO TRABALHO NA COZINHA? Eu comecei como estagiário no Hôtel du Palais, em Biarritz, na França.

3.       HÁ QUANTO TEMPO VOCÊ ESTÁ NO RAMO DE RESTAURANTES? Desde os 16 anos.

4.       QUAIS SÃO ALGUNS DOS SEUS PRATOS FAVORITOS / DE ASSINATURA? QUE OS TORNA ESPECIAIS? Os meus favoritos variam, pois eu mudo o meu menu para refletir a mudança de estações. Atualmente, eu tenho dois favoritos: Bellota Ham: Porque reúne produtos da minha região, com todos os sabores que eu me lembro da minha infância, mas de uma forma muito refinada. Lemon Marinated Langoustine: Porque ele apresenta produtos de luxo do mar e um toque de sabor exótico que me lembra do Panamá, com o gelée vodka como o elo de ligação perfeito entre o doce e a delicadeza da carne do lagostim e a riqueza gordurosa do caviar.

5.       O QUE VOCÊ MAIS GOSTA NO SEU TRABALHO? Ver as pessoas deixam a mesa com um sorriso nos lábios.

6.       QUAL É A PARTE MAIS DIFÍCIL DO SEU TRABALHO? Sempre reavaliar o que eu faço para estar o mais próximo possível da perfeição.

CHEF GIUSEPPE GALAZZI

Nascido em Ferrara, na Itália, o Chef Giuseppe “Beppe” Galazzi desenvolveu sua paixão pela culinária com seu avô, um chef, e começou sua busca pela arte da gastronomia na tenra idade de 14 anos. Fortemente influenciado por seus professores no Culinary Institute em Ferrara, a curiosidade de Galazzi sobre o alimento se transformou na habilidade com que ele agora executa cada prato. O Chef Galazzi atribui seu estilo único ao seu amor por viajar, absorvendo receitas de várias culturas e transformando-as em suas próprias criações com ingredientes locais e orgânicos. Quando perguntado qual sua contribuição para o menu equilibrado do Fontana, Galazzi respondeu: “Eu gostaria de oferecer o que as pessoas não podem encontrar muitas vezes em restaurantes, e que elas não vão cozinhar em casa.”

Entrevista com Chef Galazzi

1.       VOCÊ SEMPRE SOUBE QUE QUERIA SER UM CHEF? Meu avô foi chef, e ele me ensinou muito quando criança. Como sempre foi uma paixão minha, eu comecei na escola de culinária com a idade de 14.

2.       QUAL FOI O SEU PRIMEIRO TRABALHO NA COZINHA ? Eu trabalhei na cozinha para uma empresa sem fins lucrativos, enquanto eu estava na universidade. Eu trabalhei lá durante o verão para ajudar a pagar minhas aulas na universidade.

3.       QUEM VOCÊ CONSIDERA SER SEU MAIS INFLUENTE MENTOR / PROFESSOR NA CULINÁRIA? Quando eu estava na escola de culinária entre as idades de 14 e 18 anos, eu tive um professor notável que também era um artista. Ele era um pouco louco e divertido, e ele me ensinou que a arte culinária pode ser apenas isso – arte.

4.       QUAL É O INGREDIENTE OU UMA REFEIÇÃO MAIS ESTRANHA QUE VOCÊ JÁ EXPERIMENTOU? Quando eu estava trabalhando em minha tese na Venezuela, comi capivara – uma forma de carne de caça. O animal é algo entre um porco e um rato. Foi muito bom!

5.       Você cozinha em casa? O QUE VOCÊ TEM EM SUA GELADEIRA?  Eu sempre cozinho para minha esposa e meu filho. Eu gosto de manter ingredientes orgânicos para alimentar o meu bebê. Minha esposa e eu cultivamos vegetais em nosso quintal também.

6.       ALGUM DESASTRE INESQUECÍVEL NA COZINHA?  Não que eu me lembre.

7.       Falando de DESASTRES … QUAL BEBIDA OU COQUETEL VOCÊ GOSTA PARA RELAXAR? Eu adoro vinhos tintos italianos. Meu favorito para relaxar seria o Sangiovese.

Sobre o The Biltmore Hotel

O The Biltmore Hotel é o Marco Histórico Nacional de Miami e fica no exclusivo bairro de Coral Gables. Com 273 apartamentos, o hotel reflete influências arquitetônicas clássicas italianas, mouriscas e espanholas ao longo de mais de 600 mil m² de paisagem tropical. Preferido por líderes mundiais e celebridades desde sua inauguração, em 1926, o hotel possui um campo de golfe especial para campeonatos (18 buracos e par 71) originalmente projetado por Donald Ross e agora totalmente renovado, quadras de tênis, a maior piscina em hotel do país, cabanas privadas, um spa europeu e uma premiada academia de ginástica. Dentre os restaurantes do hotel, estão o aclamado Palme d’Or, considerado pela Zagat um dos melhores do país, o Fontana, um restaurante italiano que cerca o chafariz central do Biltmore, e o Cascade, localizado à beira da piscina.Em 2009, o hotel lançou sua academia gastronômica, que ministra variada gama de aulas práticas de culinária para adultos e crianças. O The Biltmore é um dos locais preferidos no sul da Flórida para viagens de negócios, reuniões empresariais de alto nível e conferências sobre políticas públicas, além de ser um destino extraordinário para realização de festas de casamento. O The Biltmore é membro da organização de hospitalidade Leading Hotels of the World. Para obter mais informações ou fazer reservas, acesse www.BiltmoreHotel.com ou ligue para (800) 727-1926.

Quer fazer o Beirute de Kafta do Arabesco? Vai a receitinha só para você. com Lana Cõrtes

Beirute de Kafta – Restaurante Arabesco

beirute

 

Ingredientes para o recheio do Beirute

2 fatias de queijo mussarela

2 folhas de alface crespa

4 rodelas de tomate

1 pão sírio médio

2 fatias de presunto

Maionese a gosto

 

Ingredientes para o preparo da Kafta

1 colher rasa de sopa de manteiga

1/2 colher (chá) de sal

pimenta síria a gosto

1 colher de café de alho descascado e picado

1/2 cebola média descascada e bem picada

Suco de meio limão

salsa picada a gosto

fio de azeite de oliva

150gr de carne moída (patinho ou coxão mole)

Modo de Preparo:

Prepare a kafta: em uma vasilha grande misture todos os ingredientes com as mãos: manteiga, sal, pimenta síria, alho, cebola, limão, salsinha, azeite e a carne.

Com as mãos, faça modele a massa até formar uma bola. Em um refratário, coloque a bola de massa e achate com a palma da mão até forma um harbúrguer, que deve ter de 3 a 4 cm de espessura.

Coloque o hambúrguer de kafta em forno pré-aquecido em temperatura média (180 a 190°C) e asse por aproximadamente 20 minutos.

Monte o beirute: abra o pão sírio, coloque a maionese, uma folha de alface, 2 fatias de tomate, uma de queijo, outra de presunto e o hambúrguer de kafta. Por cima coloque os ingredientes restantes: folha de alface, 2 fatias de tomate, uma de queijo e outra de presunto. Sirva quente.

 

Rendimento: um beirute

Total de Calorias: 694

Tempo de preparo: 40 minutos

Dificuldade: Fácil, exige preparo antecipado.

ARABESCO

Rua Doutor Homem de Mello, 494 – Perdizes

Tel: (11) 3872-8164

Horário de funcionamento: das 11h às 00h – de segunda a sábado

Domingos das 10h30 às 17h

Estacionamento gratuito