5 passos para vencer a compulsão alimentar – por Lana Côrtes

compulsão alimentar1 

Crédito foto: Shutterstock

A compulsão alimentar é caracterizada pelo ato de comer de forma descontrolada, em um curto espaço de tempo, e em quantidade maior do que outra pessoa que não sofre de nenhum distúrbio comeria na mesma situação. Pessoas que sofrem desse transtorno costumam sentir culpa e vergonha após a “crise” compulsiva.

Pesquisas indicam que cerca de 2% da população sofre de compulsão alimentar, sendo mais frequente em mulheres entre 20 e 30 anos. Além disso, pesquisas mostram que 30% das pessoas que procuram tratamento para a obesidade ou para perda de peso possuem este transtorno.

A alimentação inadequada e em maiores quantidades do que o corpo necessita, além de levar ao sobrepeso, está ligada a doenças como: diabetes tipo 2, hipertensão, colesterol alto, problemas cardíacos, respiratórios ou de circulação. Além de outros transtornos ou doenças mentais, como a bulimia ou a depressão.

Nutricionista e coach em emagrecimento, Gladia Bernardi defende que é possível vencer a compulsão alimentar com o acompanhamento de profissionais de saúde e seguindo uma rotina de vida mais saudável.

Associada ao Health Coaching International Institute, escola pioneira em Coaching de Emagrecimento Consciente, a especialista explica que grande parte das pessoas que comem por compulsão estão dominadas pelo inconsciente, que as leva a comer sem controle. “É necessário reprogramar a mente dessa pessoa para que ela passe a fazer as escolhas alimentares através do sistema consciente, e assim ter hábitos mais saudáveis, deixando de agir por impulso na hora de comer”, explica.

Veja cinco passos indicados pela especialista para vencer a compulsão alimentar:

Busque entender a raiz do problema
Crédito: Shutterstock

Para algumas pessoas, a vontade de comer exageradamente aumenta quando estão tristes, nervosas ou passando por situações de estresse, associando a comida como compensação para a questão que as aflige.

Na visão de Gladia, contar com o acompanhamento de um coaching em emagrecimento, aliado a um atendimento psicológico, é fundamental para compreender o que faz a pessoa querer comer por impulso.

“O paciente busca compensar na comida algo prazeroso que ficou para trás na vida daquele indivíduo, e que o faz buscar a comida para o preenchimento desta lacuna”, explica ela. “Para sanar isso, é preciso estudar a fundo esses gatilhos emocionais, e então combatê-los”.

Não faça dieta por conta própria
Crédito: Shutterstock

Tentativas frustradas de controlar o peso são uma das causas que fazem a pessoa comer de forma ainda mais descontrolada. Isso porque, com a insatisfação por não conseguir controlar o próprio peso, muitos acabam desistindo de manter uma alimentação regrada, passando assim a comer em maiores quantidades e de forma menos saudável.

“É fundamental ter o acompanhamento de um profissional da saúde, pois ele saberá exatamente o que a pessoa precisa comer e aquilo que deve evitar. Buscar um profissional é sempre o mais indicado para qualquer paciente, mas, para os que sofrem de compulsão, fazer dieta sozinho é um erro ainda mais grave, que coloca a saúde em risco”, alerta.

Faça escolhas mais saudáveis
Crédito: Shutterstock

Para a especialista, além das principais refeições do dia – café da manhã, almoço e jantar- é preciso prestar atenção no que se come entre as refeições. “Para quem sofre de compulsão, alimentos como salgadinhos, balas e outras guloseimas tornam-se ainda mais tentadores, e não é difícil que ‘devorem’ sacos inteiros de salgados industrializados ou doces em minutos, o que faz um verdadeiro estrago na alimentação”.

Por isso, é importante investir nos petiscos saudáveis, tendo sempre opções pouco calóricas para quando bater aquela fome ou compulsão. “Cenouras baby, ovos de codorna, frutas cortadas em pedaços, como maçã ou pêra, são boas opções para o lanche”, indica a nutricionista.

“É fundamental optar por petiscos de boa qualidade, durante o dia e também à noite, quando o metabolismo funciona de forma mais lenta”, explica.

Gerencie melhor suas emoções
Crédito: Shutterstock

Para a especialista, sempre que houver a vontade de comer compulsivamente, deve-se analisar quais serão as consequências negativas ou positivas que se terá em médio prazo. “Se a pessoa pensar que se sentirá ainda pior caso se ‘renda’ à compulsão, certamente irá pensar duas vezes antes de agir de forma descontrolada à mesa”, diz.

Um estudo da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) mostra que obesos têm 55% maiores chances de desenvolver depressão. “É preciso colocar isso na balança e buscar compreender se, um pouco mais tarde, a pessoa ficará mais feliz por ter evitado comer algo, ou se ela se sentirá culpada por ter ingerido o alimento”, explica.

Procure outras formas de compensação
Crédito: Shutterstock

Além auxiliar na perda de peso devido à aceleração do metabolismo, a prática de exercícios libera endorfina, enzima que proporciona bem-estar e diminui a ansiedade e o estresse.

Pesquisa do Ministério do Esporte aponta que 38,1% dos homens e 44,6% das mulheres afirmam que praticar atividades físicas melhora a sensação de bem-estar e a qualidade de vida.

“É preciso encontrar outra atividade para recompensar o cérebro como fonte de prazer, que não seja a comida, e praticar sempre essa atividade, para que a prática se torne um hábito”, destaca Gladia.

Sobre Gladia Bernardi: Nutricionista, coach e desenvolvedora do método “Emagrecimento Consciente”, baseado na neurociência, na programação neurolinguística e em coaching. Por meio de técnicas e ferramentas pioneiras, que dispensam dietas restritivas, prescrição de medicamentos ou intervenções cirúrgicas para o emagrecimento, visa transformar profissionais da área da saúde, coaches e consultores independentes em especialistas em emagrecimento junto a pacientes. Atualmente, já formou mais de mil profissionais e é responsável pelo evento “Por um mundo mais leve”, que defende

Primeira noite em São Paulo do projeto Jägermeister Grounds acontece dia 27 de julho, no Estúdio Family Mob, na Lapa – SP

 
“Banda Jäger Grounds” composta por Badauí, Dieguito Reis, Rafael Pires e Amanda Butler se apresenta em show gratuito com ingressos limitados
 
“Banda Jäger Grounds”: Rafael Pires (Color For Shane), Amanda Butler (Sky Down), Dieguito Reis (Vivendo do Ócio), Badauí (CPM 22)
 Foto: Babi Malvar
 
O Jägermeister, oitavo destilado premium mais vendido do mundo, anuncia a primeira noite em São Paulo da sua nova plataforma musical, Jägermeister Grounds, no dia 27 de julho, a partir das 19h, no Estúdio Family Mob. Com apresentação da Banda Jäger Grounds e pockets shows de Color For Shane e Sky Down, o evento é gratuito, com ingressos limitados e as inscrições já podem ser feitas no site do projeto: www.jagergrounds.com.
 
O Jägermeister Grounds tem por objetivo apoiar a cena independente do rock nacional e dar continuidade ao histórico da Jägermeister nesse tipo de ação, incorporando o conceito de “background” ao universo da marca. O projeto é itinerante, centralizando o conteúdo no site www.jagergrounds.com e apoiando bandas em ascensão para a construção de sua trajetória no cenário musical, passando por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis e Porto Alegre.
 
Entre julho e novembro, são realizadas edições especiais em três estúdios diferentes de São Paulo (Family Mob, Costella e Aurora), nas quais quatro integrantes de bandas distintas formam a “Banda Jäger Grounds”: um influente (artista com carreira sólida), um participante de edições passadas do projeto e dois integrantes de bandas novas. O influente e o participante antigo atuam como padrinhos e recebem os dois artistas das bandas novas para embarcarem juntos nesta vivência musical. É escolhida uma faixa da playlist do Jägermeister no Spotify (https://goo.gl/DSZGmb), que reúne músicas de bandas que já participaram do projeto nos anos anteriores. Com a faixa eleita, a “Banda Jäger Grounds” tem como desafio criar e gravar uma versão da música e apresenta-la em uma festa no estúdio, que também conta com pocket shows das bandas novas. No final do ano, um festival reunirá as bandas participantes no encerramento do projeto Jägemeister Grounds 2017.
 
A primeira etapa do projeto será realizada no dia 27 de julho, no Estúdio Family Mob, com o vocalista Badauí (CPM 22) como influente, o baterista Dieguito Reis (Vivendo do Ócio), como participante da edição de 2015; e Amanda Butler (Sky Down) no baixo e Rafael Pires (Color For Shane) na guitarra, representando as bandas novas. A música escolhida foi “De Braços Cruzados”, do Faca Preta.
 
Jägermeister Grounds @ Family Mob
Data: 27/07, às 19h
Banda: Sky Down + Color for Shane + Banda Jäger Grounds
Local: Estúdio Family Mob – R. Sales Júnior, 296, São Paulo – SP
Entrada: Inscrições disponíveis no site do projeto, ingressos limitados. Abertura da inscrição dia 24/07 às 11h00. www.jagergrounds.com.
 
Sobre Jägermeister
Feito a partir de 56 ervas, frutas e raízes, o destilado produzido na Alemanha desde 1934, possui um processo produtivo bem minucioso. Antes de ser engarrafado e distribuído, o Jägermeister passa por 383 rigorosos controles de qualidade, o que dá um alto nível ao paladar da bebida. Toda a sua distribuição mundial sai exclusivamente da supermoderna destilaria da marca, na cidade de Wolfenbüttel. O Jägermeister normalmente é consumido puro e bem gelado, e pode ser acompanhado de cerveja ou outra bebida de preferência pessoal. Com espírito independente e autêntico, transforma momentos verdadeiros entre amigos em experiências memoráveis. E para essas ocasiões, shots extremamente gelados são os mais pedidos. A garrafa pode ser colocada no congelador e mantida até a hora do consumo. No Brasil, o Jägermeister é representado e distribuído pela Interfood Importação. www.interfood.com.br
 
Sobre a Interfood
Com sede em São Paulo, a Interfood é uma empresa nacional, fundada em 1985. Contando com uma equipe altamente qualificada, modernas instalações e amplo centro de distribuição estrategicamente localizado no estado de São Paulo, a empresa opera em alto nível de serviço e atendimento a todas as regiões do país por meio de todos os principais canais de distribuição. Os produtos e marcas distribuídas pela empresa são conhecidos mundialmente e importados a partir dos centros de produção mais importantes do mundo como Chile, Argentina, EUA, África do Sul, Portugal, Espanha, França, Itália, Holanda, Grã-Bretanha, Alemanha e Rússia. Mais informações no site www.interfood.com.br

Os Homens também gostam de Comemorar o “Dia dos Pais” e muitos esperam por este momento tão especial.

No conforto de sua casa e sem constrangimento os homens já podem monitorar a sua fertilidade.

A saúde reprodutiva deve ser cuidada tanto pelos homens quanto pelas mulheres. Ambos têm quase a mesma probabilidade de terem problemas de infertilidade, porém os homens buscavam muito menos auxílio médico. A Confirme, empresa de testes caseiros, lançou a campanha nas redes sociais, #QueroSerPai com dicas importantes que está chamando muito a atenção do homem moderno.

Entre os casais que apresentam dificuldades para engravidar o mais comum, ainda nos dias de hoje, é que as mulheres busquem auxílio médico. Porém, nem sempre a origem do problema está ligada a elas. A ideia de que as mulheres têm a total responsabilidade de verificar a fertilidade é apenas mais um mito que vem acompanhando esta trajetória da reprodução. Hoje é comprovado que, cerca de 40% dos casos, os homens são os responsáveis pela infertilidade de um casal, número idêntico à representação feminina.

  • Conheça alguns fatores e hábitos que podem interferir na fertilidade masculina:
  • O tabagismo,
  • O consumo de bebidas alcoólicas de drogas recreativas,
  • O uso de anabolizantes,
  • Má alimentação
  • Exposição diária à poluição.

A boa notícia é que, depois que as campanhas de conscientização surgiram como o “Novembro Azul”, os homens estão buscando muito mais informações sobre sua saúde de modo geral e este fato está ajudando no equilíbrio das responsabilidades reprodutivas também.

Como descobrir que está infértil?

Já disponível no mercado brasileiro, em farmácias ou drogarias. O Confirme Fertilidade Masculina, primeiro auto teste comercializado no Brasil com Registro na ANVISA, detecta a quantidade de 15 milhões de espermatozoides, valor este determinado pela OMS, para dizer que um homem é fértil. A quantidade é um dos melhores indicativos de fertilidade masculina, porém não substitui o espermograma, que é um teste mais completo. O auto teste confirme vem trazer uma praticidade aos homens que ainda tem preconceitos e restrições em ir a um laboratório para a coleta do material. Após um ano de tentativas sem resultado o recomendado é que o homem passe por uma avaliação médica.

Sempre que um casal tiver dúvidas ou perceber alguma anormalidade no sistema reprodutor dele ou dela, um médico ou especialista em reprodução humana deve ser consultado.

Para Homens

O Confirme Fertilidade Masculina – Recém-lançado e o único fabricado no Brasil é distribuído pela empresa, Analitic Tecnologia de Precisão e produzido por Alamar, uma indústria Brasileira, que atua na área de testes rápidos há 30 anos,

Acompanhe no FACEBOOK

SOBRE A CONFIRME TESTES

Inicialmente, pensando nas mulheres a Analitic Tecnologia de Precisão criou em 1999 a Confirme Testes, com a ideia de monitorar e minimizar o sofrimento do desconhecido através de auto teste oferecendo ainda a vantagem de poder realizá-los no conforto do seu lar.

Líder do segmento, a Confirme traz todos os resultados dos testes através da urina com a mesma precisão que os testes de sangue feitos em laboratórios e de forma menos invasiva do que exames clínicos específicos.

Na saúde e na alegria: casais que treinam juntos são mais felizes – com Lana Côrtes

Olá amigos, tudo bem? Experiência própria e realizada, compartilho com vocês está matéria que vai valer a pena tentar seguir.  Muitos casais ficam em casa, vendo TV e nem ao menos se tocam. Quando um está muito carente, pede ao parceiro um carinho. Sexo então, ouço muitas reclamações que é por assim..: Tenho que comparecer – Necessidade fisiológica etc.. Ai depois reclamam que o parceiro(a) não quer mais nada.. Não é nada disso. Temos que realmente manter uma relação saudável e estimular nossos parceiros.  Não podemos viver o ontem e muito menos o amanhã. Viva a vida agora. Não espere por nada e ninguém para ser feliz. OK? De acordo com estudo, os benefícios das atividades compartilhadas entre casais fortalecem o vínculo afetivo e o desenvolvimento físico

Recentemente, uma pesquisa realizada pelo Instituto Ilumeo, de São Paulo, comprovou que casais que cuidam juntos da saúde e do bem estar são mais felizes. Os benefícios são inúmeros e vão desde o bom desempenho físico, motivado pelo parceiro, até a cumplicidade que ajuda a manter o relacionamento saudável.

O preparador físico da Academia Bodytech Lago Sul, Talles Sucesso, garante que os resultados são evidentes. “A sociabilização e a parceria proporciona o aumento do desempenho no treinamento. E o aumento, principalmente, da fidedignidade, a continuidade na realização do plano de exercícios é fundamental para elevar o resultado”.

Para a psicóloga Gláucia Flores, da Aliança Instituto de Oncologia, compartilhar atividades com o parceiro possibilita fortalecer a relação e o vínculo afetivo. “Escolher dividir com aquele que gostamos, momentos agradáveis, hábitos e gostos, é uma das coisas que favorece uma maior união do casal e inova a relação, oferecendo uma pitada de diversão”.

 
É importante que as relações sejam alimentadas diariamente e introduzir cuidados mútuos pode ser uma excelente forma de quebrar a rotina e manter a relação saudável.
Agora, meus queridos amigos, convidem seus parceiros para dançar, andar de mãos dadas na praça. Não se esqueçam do beijo na boca. Tente parar uns 30 segundos e dê um beijão em quem está ao teu lado com as juras de amor que um dia você fez.. Vê se cumpra e pare ser ser uma pessoa triste, “reclamona”, velha de cabeça e se fazer de vítima. tá? beijão da Lana Côrtes

QUER CONHECER UM SPA PARA CABELOS? JÁ EXITE UM! CONFIRA – COM LANA CÔRTES

Já que temos SPA para tudo, por que não um para cabelos. Para quem adora se cuidar e relaxar vai a dica para vocês, meus queridinho seguidores do CURVEX Feminino – Revista Cultura da Mulher. Um beijão!

Head Spa: tratamento para o couro cabeludo, os fios e a mente

 Tampopo oferece procedimento que proporciona higienização dos fios e couro cabeludo, reequilíbrio de pH, hidratação e relaxamento do corpo

spa para cabelos
Estresse, falta de tempo, escolha de produtos errados e água quente são algumas das causas de danos no couro cabeludo
e, consequentemente, nos fios do cabelo, que apresentam queda e afinamento. Para tratar o problema, o Tampopo Hair Cutting Team apresenta o Head Spa, um tratamento completo que inclui massagem capilar feito por massagistas profissionais, reparando os principais problemas que afetam as “cabeças modernas”.

“É comum recebermos clientes que foram encaminhados por dermatologistas com problemas como coceira e queda de cabelo. Ao chegar ao salão, fazemos uma avaliação completa e personalizada, para definir qual será o tratamento adequado para o couro cabeludo e fios danificados”, explica Yuriko Terada, sócia do Tampopo.

Entre os problemas mais recorrentes identificados pelos profissionais do salão estão:

·  – excesso de lavagens: muitas pessoas lavam o cabelo até 2 vezes por dia e, ao retirar demasiadamente o sebun do couro cabeludo, retira-se a proteção natural contra contaminação de vírus e sujeiras, ou seja, retirar demais essa proteção causa problemas como ressecamento, coceira e caspa;

·    – lavagem errada: shampoo mal retirado, por exemplo, fica no bulbo e causa inflamação, danificando o fio;

·   – fumo: o organismo reage por dentro e por fora; a nicotina que entra no organismo estreita o vaso sanguíneo e os nutrientes não chegam aos fios, causando o afinamento deles; ela também dificulta o nascimento de fios novos. A fumaça, por sua vez, faz mal por fora e por dentro, pois o monóxido de carbono presente na fumaça impede o abastecimento de oxigênio dentro do corpo e resseca os fios;

·   – má circulação sanguínea: a má circulação sanguínea causa afinamento dos fios por não poder produzir a emulsão epicutânea que o faz crescer e engrossar;

·    – excesso de produtos no couro cabeludo: cera e spray grudam no couro causando entupimento no bulbo e inflamação; deve-se tomar cuidado para não encostar os produtos no couro cabeludo, além de evitar excessos.

Tricologista

Quem avalia e define o tratamento de acordo com o dano apresentado e a

necessidade de cada cliente é um especialista chamado tricologista, responsável pelo diagnóstico de doenças do cabelo e do couro cabeludo.

No Tampopo, a tricologista Marlene de Souza faz a avaliação do cliente e indica o tratamento no Head Spa, realizado exclusivamente com produtos naturais e massagens na cabeça e nas têmporas para aliviar a tensão, ativar a circulação sanguínea e melhorar a oxigenação e irrigação dos vasos capilares.

“Para o couro cabeludo, limpa e higieniza removendo o excesso de gordura e as células mortas, desobstruindo os poros que impedem o crescimento dos fios. Para os fios, promove a reconstrução e o alinhamento cuticular, repondo os lipídios e nutrientes deixando-os macios e saudáveis. Para a mente, relaxa e traz bem-estar”, resume Marlene.

Procedimento

Head Spa é um procedimento estético para manter a saúde do couro cabeludo e do cabelo como um todo. A técnica consiste em: limpeza (lavagem) do couro, massagem, tratamento capilar e massagem no ombro e pescoço. Além disso, pode-se aromatizar o ambiente e tocar uma música relaxante para relaxar o cliente.

O resultado é couro cabeludo saudável, cabelos brilhantes e mente sã, além de prevenir a queda e estimular o crescimento dos fios, aumentando o volume dos cabelos. A pele do rosto também é beneficiada com um efeito lifting: fazendo a massagem na cabeça, o músculo do rosto também é ativado, acionando, assim, a circulação sanguínea, que acelera a desintoxicação, tira o inchaço e dá brilho à pele.

O processo é realizado no lavatório Yume (significa “sonho” em japonês), que respeita a anatomia do corpo, permitindo que os clientes fiquem totalmente deitados (não prejudicando a cervical) durante a lavagem dos fios e a massagem; e pelo Micromist, responsável por silvar uma névoa de água destilada para abrir a cutícula dos fios durante a lavagem, realizando uma hidratação com água ionizada e produtos como aminoácidos, proteínas de seda e carboximetilcelulose (CMC), que com sua estrutura polimérica atua como agente formador de filme (uma fina camada em volta de cada haste capilar) e é usado para melhorar os efeitos hidratantes.

Geralmente, o Head Spa é realizado uma vez por semana, passando, posteriormente, para visitas mensais ao salão. A duração e a definição do tipo de tratamento (Head Spa Básico, Head Spa Detox, Head Spa Antiqueda ou Terapia Anticaspa) depende de cada caso. Os valores variam entre R$ 198 e R$ 350.

Tampopo Hair Cutting Team

Rua da Consolação, 3444 (quase esquina com a Oscar Freire) – São Paulo/SP

www.tampopo.com.br

(11) 3061.2628 | (11) 3062.0401

 Horário de Atendimento: segunda-feira, das 10 às 18 horas; terças, quintas e sextas, das 9 às 19h30; quartas, das 9 às 18 horas; e sábados, das 8h30 às 18h30.

Tampopo Hair Cutting Team

Em atividade em São Paulo desde 1979, o Tampopo é referência em alisamento dos cabelos – foi o primeiro salão no Brasil a realizar o recondicionamento térmico – e cabelos orientais. Sua equipe conta com visagistas e profissionais especializados em tratamentos para os cabelos, rosto, corpo e maquiagem. Tampopo é o nome em japonês da flor dente de leão, um símbolo de força e beleza.

Flacidez de pele: conheça as causas e como combatê-la com potente ultrassom – por Lana Côrtes

Quando a pele perde tonicidade e firmeza, ela se torna flácida – as regiões mais afetadas são, especialmente: o rosto, os braços, pescoço e pernas; dermatologista fala sobre as causas e tratamento da flacidez

Com o passar do tempo, a pele sofre com a perda de tonicidade, elasticidade e firmeza, o que, de fato, gera um pesadelo para boa parte das pessoas. No caso, as causas principais da flacidez estão relacionadas ao próprio envelhecimento da pele, hábitos como o uso de cigarro, bebidas, falta de exercício físico, além de fatores genéticos, distensões da pele – com perda e ganho de peso (efeito sanfona), etc.

flacidez combate

O dermatologista Dr. Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology, cita outros fatores que contribuem para a flacidez, como exposição solar (dano celular por conta dos raios UV agridem a estrutura de sustentação da pele) e alimentação. “Do ponto de vista da pele, o cuidado mais importante é evitar hábito de exposição excessiva ao sol e usar protetor solar no mínimo duas vezes ao dia. Do ponto de vista de saúde, é preciso evitar sobrepeso e ter uma alimentação balanceada, saber a procedência da carne que come, por exemplo”, afirma.

Para o médico, é importante também atentar-se ao cuidado com a acne. “É necessário ressaltar que as espinhas podem gerar muitas cicatrizes no rosto, além de destruírem o colágeno, o que pode provocar flacidez precoce”, explica o dermatologista. O Dr. Abdo também menciona que as pessoas tendem a confundir flacidez com celulite. “Devemos deixar claro que a celulite se trata de ondulações da pele que pioram quando ‘apertamos’ com a mão. Flacidez é uma deficiência de tônus, da firmeza da pele. O próprio exame físico não deixa dúvidas quanto ao diagnóstico”, afirma.

Megafocus — Existem hoje procedimentos específicos voltados ao combate à flacidez corporal ou facial. Uma das principais novidades para esse tipo de tratamento é o Megafocus, um ultrassom microfocado da Plataforma Solon (da LMG Lasers). Com apenas uma sessão, já é possível notar melhora significativa no aspecto da pele, por causa do estímulo de produção de colágeno.

O Dr. Abdo explica que o equipamento consegue atingir o músculo e o enrijece. “O músculo sofre uma contração imediata ao ser atingido pelos pontos de coagulação e isso produz um efeito lifting, que pode apresentar evolução no período de três meses após o procedimento, quando o novo colágeno continua a ser produzido”, afirma. O médico destaca que o objetivo é “encurtar o músculo para tracionar a pele para cima, resultando em um efeito lifting não cirúrgico”.

O equipamento age de dentro para fora, sem atingir a epiderme e, dessa forma, a recuperação é imediata. “O paciente pode voltar às atividades de rotina no mesmo dia, já que os sintomas melhoram rapidamente. É importante lembrar que o tratamento é bastante seguro”, finaliza.

ABDO SALOMÃO JR: Doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.

Pediatra afirma que qualquer quantidade de álcool na gestação pode gerar danos ao bebê – com Lana Côrtes

alccol na gestação

É permitido ingerir bebida alcoólica na gravidez? Qual é a quantidade limite? Quais os efeitos do álcool no feto? E o que pode acontecer com o bebê? A pediatra Dra. Ana Laura Kawasaka explica a relação do álcool com o desenvolvimento da criança e ressalta que a bebida alcoólica na gravidez é a principal causa de defeitos congênitos e alterações neurológicas.

A pediatra afirma que a única quantidade segura de álcool para uma gestante é ZERO. “Não existe nível de consumo que não possa causar dano fetal. O álcool atravessa a barreira placentária e em 1 hora o nível no sangue do bebê é igual ao materno. E o feto não tem enzimas suficientes para metabolizar teor alcoólico. Ele prejudica o transporte de nutrientes para o bebê, diminui a oxigenação da placenta e pode interferir no desenvolvimento das células do sistema nervoso”, complementa a médica.

Além disso, pode causar desde restrição no crescimento até alterações faciais, neurológicas, cardíacas, renais e esqueléticas. Já os distúrbios relacionados ao neurodesenvolvimento podem se caracterizar pelo baixo desempenho escolar ou dificuldade de interação social.

De acordo com a pediatra, estima-se que 30% a 50% das mulheres usuárias de álcool na gravidez terão filhos com alguma alteração do desenvolvimento. A Academia Americana de Pediatria também defende que durante a gestação nenhuma quantidade de ingestão de álcool é segura, seja cerveja, vinho ou destilado.

O Saúde4Kids

O Saúde4Kids é um portal com informações direcionadas especialmente a mamães e papais ou responsáveis pelos cuidados com as crianças nos mais variados aspectos, desde a fase bebê até a adolescência.

Foi criado em 2015 pelas médicas e pediatras Fernanda Viana, Rafaella Gato Calmon e Ana Laura Kawasaka para compartilhar conhecimentos técnicos e experiências pessoais, a fim de orientar toda a família sobre cuidados com a saúde, bem-estar e comportamento da criançada.

Nele, as profissionais abordam, de maneira espontânea e com linguagem didática, desde assuntos obrigatórios como a vacinação das crianças, até dicas alimentares, tratativas comportamentais, sugestões de lugares para passeios etc.

O Portal Saúde4Kids também está no Instagram, Facebook e Youtube.

 

As Pediatras

Dra. Ana Laura Kawasaka é médica formada pela Universidade Estadual Paulista –UNESP-; pediatra pela Universidade de São Paulo –USP-; cardiologista infantil pelo Incor-Universidade de São Paulo; com títulos de especialista em pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em cardiologia infantil, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Além de mamãe da Clara.

Dra. Fernanda Viana é médica formada pela Universidade Estadual de Campinas –UNICAMP-; pediatra pela Universidade de São Paulo –USP-; cardiologista infantil pelo Incor-Universidade de São Paulo. Além de ser especialista em pediatria com título pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em cardiologia infantil, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Dra. Rafaella Gato Calmon é médica pela Universidade Federal do Pará –UFPA-; pediatra pelo Hospital Infantil Darcy Vargas, cardiologista infantil pelo Incor-Universidade de São Paulo; com títulos de especialista em pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em cardiologia infantil, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Também é mamãe dos gêmeos Bárbara e Rafael.