Pele e Gravidez. Conheça os cuidados necessários para cuidar mais e você! com Lana Côrtes

gravida e pele

Exposição a luz ultravioleta, mudanças hormonais da gravidez, uso de anticoncepcionais femininos e alergias causadas por cremes são os principais fatores que podem piorar os episódios de melasma. Mais comum em mulheres entre os 20 e 50 anos, essas manchas escuras costumam aparecer no rosto, mas também podem ocorrer em outras áreas expostas ao sol, como braços e colo. A boa notícia é que, segundo a dermatologista Larissa Viana, com alguns cuidados simples como passar o protetor solar diariamente, é possível evitar o problema.  “É importante ressaltar que a doença não tem cura, mas pode perfeitamente ser controlada se o paciente fizer o tratamento adequado”, explica.

Fato é que além dos fatores hormonais e da exposição aos raios solares, a predisposição genética e histórico familiar também influencia no surgimento desta condição. Fique atento a qualquer sinal de manchas escuras ou acastanhadas na face, principalmente nas maçãs do rosto, testa, nariz, lábio superior e nas têmporas, lateral dos braços e colo. “As manchas têm formatos irregulares e bem definidos, sendo geralmente simétricas”, ressalta Larissa.

Mesmo sem uma cura, é importante salientar que o tratamento do melasma sempre prevê um conjunto de medidas para clarear, estabilizar e impedir que o pigmento volte. Saiba os três passos para afastar amenizar o problema:

Passo 1 – Proteção solar

Parece clichê, mas o uso de protetor solar diariamente ainda é um dos principais tratamentos de diversas doenças de pele, inclusive o melasma. “Aplicar um filtro solar potente físico e químico, com FPS mínimo de 30 nas regiões expostas do corpo é a medida essencial.”, afirma Larissa. A dica é procurar por filtros que tenham proteções contra os raios ultravioleta A (UVA) e ultravioleta B (UVB), que é indicado pelo PPD, que deve ser pelo menos de 10.

Passo 2 – Cremes clareadores

O dermatologista indicará o creme mais adequado ao tipo de pele, mas geralmente é utilizado cremes clareadores a base de hidroquinona, ácido glicólico, ácido retinóico, ácido azelaico. “É possível perceber o resultado entre um e dois meses”, afirma Larissa. Mas não se esqueça, mesmo com resultados rápidos, é preciso estabilizar a condição e impedir que mínimas exposições façam retornar o pigmento e isso pode demorar meses.

Passo 3 – Peelings de consultório

Mais uma vez, quem irá determinar o melhor tipo de peeling é o profissional especializado. Associado aos cremes clareadores, o tratamento com peeling traz resultados ainda mais rápidos, diminuindo as machas em pouco tempo. Entre os mais indicados está:

– Intradermoterapia – procedimento consiste em injeções aplicadas na superfície da pele com substâncias como ácido kojico, tranexâmico, amandélico e vitamina C.

– Laser – a aplicação do laser Nd: YAG atinge diretamente a melanina, quebrando-a em pequenos pedaços e, dessa forma, clareando o rosto. “É possível ver uma redução de até 80% do melasma com essa técnica”, afirma Larissa.

– Microagulhamento – utilizando o roller, um pequeno rolo com agulhas minúsculas, é realizado microferimentos na pele, que ao se recompor, produz o colágeno, garantindo a renovação da pele. “Assim, é possível preencher cicatrizes, marcas de acne, além de reorganizar as fibras internas, deixando a pele mais firme e com mais vitalidade”, afirma Larissa.

Dra. Larissa Viana (), é formada em medicina pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC). Membro e dermatologista especialista  pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), além de membro do Congresso Iberolatinoamericano de dermatologia. Também é membro da Sociedade de Cirurgia Dermatológica e fez parte do corpo clínica da dermatologista Ligia Kogos.

www.larissaviana.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s